Este site usa cookies. Alguns cookies são essenciais para a correcta operação do mesmo e já foram configuradas.
Pode bloquear e apagar as cookies deste site mas algumas partes poderão não funcionar correctamente.
PAÍS
- ARGENTINABOLÍVIABRASILCANADACHILECOLOMBIACUBAEQUADORESPANHAEUAMÉXICOPANAMÁPARAGUAIPERUPORTUGALURUGUAIVENEZUELA
ÁREA
- ARTE URBANAARTE SONORABAILECERIMÓNIACINEMACONFERÊNCIACRIAÇÃO PORTUGUESA CONTEMPORÂNEADANÇADESFILEESPAÇO PÚBLICOEXPOSIÇÃOFESTAFILMESFOTOGRAFIAGASTRONOMIAINSTALAÇÃOLEITURALIVROMARIONETASMÚSICAOLISIPOGRAFIARAAMLRÁDIORESIDÊNCIA ARTÍSTICAPROGRAMA EDUCATIVOTEATROTOPONÍMIAVISITAOFICINASDesign
EQUIPAMENTOS
- ACADEMIA MILITARARQUIVO MUNICIPAL DE LISBOA | ARQUIVO FOTOGRÁFICOATELIER - MUSEU JÚLIO POMARBIBLIOTECA CAMÕESBIBLIOTECA DE MARVILABIBLIOTECA ORLANDO RIBEIROBLX – BIBLIOTECAS DE LISBOACARPINTARIAS DE SÃO LÁZAROCASA DA AMÉRICA LATINA (CASA DAS GALEOTAS)CASA FERNANDO PESSOACASTELO DE SÃO JORGECCB - CENTRO CULTURAL DE BELÉMCINEMA SÃO JORGECOMPANHIA NACIONAL DE BAILADOBIBLIOTECA DOS CORUCHÉUSCTTESCADARIA DO JARDIM 9 DE ABRIL (À 24 DE JULHO)ESPAÇO PÚBLICOGALERIA DOS PAÇOS DO CONCELHOGALERIA MILLENNIUM BCPGALERIAS MUNICIPAISGALERIA QUADRUMGAU - GALERIA DE ARTE URBANAGEO- GABINETE DE ESTUDOS OLISIPONENSESMARIA MATOS TEATRO MUNICIPALBIBLIOTECA DE MARVILAMAAT - MUSEU DE ARTE, ARQUITECTURA E TECNOLOGIAMUDE - MUSEU DO DESIGN E DA MODAMUSEU ARPAD SZENES - VIEIRA DA SILVAMUSEU DA MARIONETAMUSEU DE ETNOLOGIAMUSEU DE LISBOAMUSEU DO ALJUBEMUSEU DO FADOPADRÃO DOS DESCOBRIMENTOSPALÁCIO CALHETAPÁTEO DA GALÉ - SALA DO RISCOPOLO CULTURAL GAIVOTAS | BOAVISTARTPSÃO LUIZ TEATRO MUNICIPALTEATRO CAMÕESVÁRIOS ESPAÇOS DA CIDADEARQUIVO MUNICIPAL DE LISBOA | VIDEOTECAEGEACCINE-TEATRO CAPITÓLIO
TEMAS
- PASSADO E PRESENTEAFRODESCENDENTESCRIAÇÃO CONTEMPORÂNEAMIGRAÇÕESQUESTÃO INDIGENA



< VOLTAR EXPOSIÇÃO

Heróis, Povo e Paisagem chilena

Armindo Cardoso (Portugal/Chile)

PORTUGAL, CHILE

De 4 de Março a 7 de Maio
Terça a Domingo, das 10H00 às 18H00

MUSEU ARPAD SZENES - VIEIRA DA SILVA

Inaugura a 4 de Março, Sábado às 17H30

Armindo Cardoso saiu de Portugal, por motivos políticos, em 1965, tendo primeiro vivido como exilado em França, país onde iniciou a sua formação como fotógrafo. Em 1969, acompanhado da mulher de nacionalidade chilena e de uma filha, foi para o Chile, onde lhe nasceu um filho e onde inicia o seu trabalho como fotojornalista. Em 1973, a seguir ao golpe de Pinochet, refugiou-se na Embaixada da Venezuela, tendo depois, com a ajuda da Embaixada de França no Chile, seguido para Paris.

Os negativos das fotografias que aqui se expõem estiveram enterrados durante três meses num jardim da casa em Quinta Normal, Santiago, tendo sido recuperados pelo adido cultural de França no Chile e levados para Paris em 1974. O acervo fotográfico de mais de 4000 negativos a preto e branco reflete lucidamente uma época, compondo-se de retratos de políticos, artistas e intelectuais como Carlos Droguett, Raúl Ruiz, Miguel Enríquez e Salvador Allende, de imagens de massivas manifestações populares por todo o Chile, de arte de rua e muralismo nas ruas de Santiago, de inéditos registos de comunidades mapuches e da vida quotidiana no sul do Chile.